Os animais, portadores de direitos e devem ser respeitados

novembro 12, 2017

LEITURA RECOMENDADA!! “Os animais, portadores de direitos e devem ser respeitados”. – Leonardo Boff

Leonardo Boff

A aceitação ou não da dignidade dos animais depende do paradigma (visão do mundo e valores) que cada um assume. Há dois paradigmas que vêm da mais alta antiguidade e que perduram até hoje.

O primeiro entende o ser humano como parte da natureza e ao pé dela, um convidado a mais a participar da imensa comunidade de vida que existe já há 3,8 bilhões de anos. Quando a Terra estava praticamente pronta com toda sua biodiversidade, irrompemos nós no cenário da evolução como um membro a mais da natureza. Seguramente dotados com uma singularidade, a de ter a capacidade reflexa de sentir, pensar, amar e cuidar. Isso não nos dá o direito de julgarmo-nos donos dessa realidade que nos antecedeu e que criou as condições para que surgíssemos.

A culminância da evolução se deu com o surgimento da vida e não com o ser humano. A vida humana é…

Ver o post original 749 mais palavras

Anúncios

Nosso país perdeu mais um gigante intelectual: o Professor Moniz Bandeira

novembro 11, 2017

E o pobre Brasil, lamentavelmente, vai ficando cada diz mais pobre, não só economicamente e socialmente, mas sobretudo intelectualmente e moralmente, com a morte de pessoas absolutamente insubstituíveis e inigualáveis. Hoje, 11/11, nosso país perdeu mais um gigante intelectual, um pensador colossal e um homem de admirável moral: Luiz Alberto de Vianna Moniz Bandeira, professor universitário, cientista político e historiador respeitado e de renome internacional.

O Professor Moniz Bandeira era um grande especialista em política exterior do Brasil e suas relações internacionais, principalmente com a Argentina e os Estados Unidos, sendo autor de várias obras, publicadas no Brasil e na Argentina, bem como em outros países.

Em 2015 ele foi indicado ao Prêmio Nobel de Literatura pela União Brasileira de Escritores (UBE), em reconhecimento pelo seu trabalho como “intelectual que vem repensando o Brasil há mais de 50 anos”, segundo o presidente da UBE.

Vá mamar na tua mãe!

novembro 11, 2017

10-630x504.png

O homem é o único animal que comete o erro bizarro e inexplicável de tomar leite de um animal diferente de sua própria espécie (humana). Esta é uma das principais causas das diversas doenças que atingem a saúde humana. Pesquisem e comprovem o que estou dizendo. Este, porém, é apenas o aspecto científico que desautoriza esta prática horrível de beber leite de outros animais. O aspecto mais importante de todos, para qualquer pessoa sensível e consciente, é o terrível sofrimento e maldades que são causadas aos animais que os homens chamam de “leiteiros”. Quando é que nós, humanos, vamos finalmente evoluir como espécie, espiritualmente e consciencialmente, e pararmos de explorar, abusar e maltratar as outras espécies de animais que coabitam conosco este planeta?

Por que este é o momento mais perigoso para a humanidade?

novembro 10, 2017

Compartilhando mais um importantíssimo artigo para reflexão, da página do L. Boff, com sua introdução: “É um dever ético dos cidadãos conscientes, especialmente dos intelectuais, manter a humanidade informada sobre os riscos que pesam sobre ela. A insensatez da razão instrumental-analítica, criou o princípio de auto-destruição. Ela pode por fim a si mesma por muitas formas diferentes com armas químicas, biológicas e termo-nucleares. Elas não constituem uma possibilidade longínqua. São realidades já montadas e prontas para serem ativadas pela arrogância e o espírito belicoso e suicidário dos portadores de poder das nações. O prêmio Nobel de Economia Paul Krugman alertou várias vezes que o atual presidente norte-americano é um perigo não somente para os EUA mas para toda a Humanidade. Ele é alguém que possui um ego tão inflado que perdeu o sentido dos limites. Ameaça pulverizar com armas nucleares toda a Coreia do Norte. Tal intento, se ainda for respondido por aquele pais, poderá significar não apenas o fim de nossa civilização mas também o fim trágico da espécie humana e de grande parte da carga biótica do planeta Terra. Vivemos tempos de Noé. Com uma diferença. Desta vez não há uma Arca de Noé que salve alguns e deixa perecer os demais. Todos poderemos ter o mesmo fim sinistro, frustrando o plano divino da criação. É pela consciência deste risco que publico neste blog o resmo do livro de Michael Rampino, The Global Catasthrofic Risks pelo IHU, um instrumento de grande atualização a nível mundial . O texto apareceu no dia 07 Novembro 2017 no Instituto Humanístico de Unisinos (IHU). Chegou o momento de pensar, de mudar de comportamento e de rezar ao Deus da vida para que não sejamos surpreendidos por semelhança desgraça. Se um dia assassinamos o Filho de Deus quando se encarnou entre nós (o crime maior da história) não é impossível que o ser humano, inadvertidamente ponha fim à sua existência sobre esse pequeno e belo planeta, nossa Casa Comum.” (L. Boff”)

Leonardo Boff

É um dever ético dos cidadãos conscientes, especialmente dos intelectuais, manter a humanidade informada sobre os riscos que pesam sobre ela. A insensatez da razão instrumental-analítica, criou o princípio de auto-destruição. Ela pode por fim a si mesma por muitas formas diferentes com armas químicas, biológicas e termo-nucleares. Elas não constituem uma possibilidade linginqua. São realidades já montadas e prontas para serem atividas pela arrogância e o espírito belicoso e suicidário dos portadores de poder das nações. O prêmio Nobel de Economia Paul Krugman alertou várias vezes que o atual presidente norte-americano é um perigo não somente para os EUA mas para toda a Humanidade. Ele é alguém que possui um ego tão inflado que perdeu o sentido dos limites. Ameaça pulverizar com armas nucleares toda aa Coreia do Norte. Tal intento, se ainda for respondido por aquele pais, poderá significar não apenas o fim de nossa civilização mas também…

Ver o post original 1.691 mais palavras

Vender o Brasil pode? Vender o país não é corrupção?Senador R.Requião

novembro 10, 2017

Cpt. do Leonardo Boff: “Há momentos, quando a perversidade alcança um grau extremo, em que a consciência cívica deve erguer sua voz, no caso, através das palavras do dinâmico senador pelo Paraná Roberto Requião. Transcrevemos aqui seu discurso porque ficará certamente nos anais do Senado e como um sinal de que ainda há consciência cidadã neste pais. O discurso foi postado em 6 de novembro de 2017:”

Leonardo Boff

Em pronunciamento no plenário, nesta segunda-feira (6), o senador Roberto Requião cobrou fortemente os operadores da Lava Jato que assistem passivamente a entrega do país e o desmantelamento do setor público sem qualquer reação. O Senador perguntou diretamente a Sérgio Moro, Deltan Dallagnoll, Carmem Lúcia, Raquel Dodge e a delegados da Polícia Federal porque nada fazem quando um governo absolutamente mergulhado na corrupção vende o Brasil a preço de banana.

Veja o vídeo e o texto do discurso:

TEXTO DO DISCURSO:
O juiz Sérgio Moro sabe; o procurador Deltan Dallagnol…

Ver o post original 1.842 mais palavras

Noi facciamo ammalare la Terra e lei fa ammalare noi

novembro 10, 2017

Leonardo Boff: “In un modo o nell’altro, noi soffriamo di dolori fisici, psichici e spirituali. C’è tanta sofferenza, abbandono, tristezza e delusione che colpiscono gran parte dell’umanità. L’abbiamo già detto: dalla recessione economica, siamo passati alla depressione psicologica. La causa principale deriva dall’intrinseca relazione tra l’essere umano e la Terra viva. Tra i due esiste un forte nesso di coinvolgimento reciproco.

La nostra presenza sulla Terra è aggressiva, noi moviamo una guerra totale a Gaia, attaccandola su tutti i fronti. La conseguenza diretta è che la Terra si ammala. Lei lo dimostra con la febbre (riscaldamento globale), che non è una malattia ma ci addita una malattia al traguardo: la sua incapacità di continuare a offrirci tutto quello di cui abbiamo bisogno. A partire dal 2 settembre del 2017 è avvenuto il Sovraccarico della Terra, cioè, per le riserve della Terra siamo arrivati in fondo al pozzo. Siamo al semaforo rosso. Per avere il necessario e, peggio, per mantenerci il consumo allegro e lo spreco dei paesi ricchi, dobbiamo strappare con la forza i beni e i servizi naturali per soddisfare la domanda. Fino a quando la Terra ce la farà? La conseguenza sarà che avremo meno acqua, meno nutrienti, meno raccolti e meno prodotti indispensabili alla vita.

Noi, d’accordo con la nuova cosmologia, formiamo una grande unità, una vera entità unica con la Terra, subiamo le tesse malattie della Terra. A causa dell’aggressione degli ecosistemi e a causa del consumismo, e per la mancanza di attenzione alla vita e alla biodiversità, facciamo ammalare la Terra.”

Leonardo Boff

In un modo o nell’altro, noi soffriamo di dolori fisici, psichici e spirituali. C’è tanta sofferenza, abbandono, tristezza e delusione che colpiscono gran parte dell’umanità. L’abbiamo già detto: dalla recessione economica, siamo passati alla depressione psicologica. La causa principale deriva dall’intrinseca relazione tra l’essere umano e la Terra viva. Tra i due esiste un forte nesso di coinvolgimento reciproco.

La nostra presenza sulla Terra è aggressiva, noi moviamo una guerra totale a Gaia, attaccandola su tutti i fronti. La conseguenza diretta è che la Terra si ammala. Lei lo dimostra con la febbre (riscaldamento globale), che non è una malattia ma ci addita una malattia al traguardo: la sua incapacità di continuare a offrirci tutto quello di cui abbiamo bisogno. A partire dal 2 settembre del 2017 è avvenuto il Sovraccarico della Terra, cioè, per le riserve della Terra siamo arrivati in fondo al pozzo. Siamo al semaforo rosso. Per…

Ver o post original 643 mais palavras

Produtores de leite pedem combate ao ‘ativismo vegano’

novembro 10, 2017

Cpt. da página O Holocausto Animal​: “Líderes da produção leiteira demonstraram preocupação com o crescimento do veganismo na Cúpula Mundial de Lácteos da Federação Internacional de Lácteos (IDF), que teve início no dia 29 de outubro em Belfast (Reino Unido). O site pecuarista “Farming UK” destaca a necessidade do combate ao “ativismo vegano”.

“É imperativo que a gente transmita a mensagem aos consumidores de que os laticínios fazem parte de uma dieta sustentável”, disse o produtor Jaap Evers.

Paul Vernon, presidente da Dairy UK, associação comercial de laticínios do Reino Unido, alertou: “Precisamos garantir que a mensagem seja ouvida alta e clara pelos consumidores, que estão sob uma pressão constante de mensagens enganosas e mal informadas sobre o leite”.

Já Tomas Pietrangeli criticou o veganismo, afirmando que “as histórias assustadoras e os mitos que estão sendo apresentados sobre os laticínios provocam na indústria uma potencial crise”. Ele ainda disse que a imagem do leite precisa ser mudada, pedindo o foco no consumo das “mulheres jovens” e também o desprezo aos “mitos antileiteiros” e às “reivindicações infundadas”.

As informações são do “Farming UK” e do “Milk Point”.”

O Holocausto Animal

Indústria diz que os consumidores estão recebendo “mensagens enganosas” sobre o leite.

Ver o post original 187 mais palavras

PRISÃO PARA QUEM APRISIONA PÁSSAROS E MATA SUA LIBERDADE!

novembro 10, 2017
Quem diz que ama pássaros e os mantêm presos em uma gaiola, na verdade, não ama pássaros, mas os odeia! Se você aprisiona um pobre pássaro, que NASCEU PARA VOAR LIVRE e não para viver preso, você é um malvado sádico ou um completo imbecil insensível! Esta é a pura e indisfarçável verdade!
QUEBREM TODAS AS GAIOLAS!
LIBERTEM TODOS OS INOCENTES!
PRISÃO PARA QUEM APRISIONA PÁSSAROS E MATA SUA LIBERDADE!

Uns perdem tempo, outros lucram com a credulidade

novembro 7, 2017

Acho que pode haver formas de inteligência superiores à humana. Se estas governam a Terra (ou se se importam com os macacos pouco evoluídos que somos) isso eu não sei… Não sou religioso, mas respeito os mistérios do Universo. Só não acredito que os humanos tenham condições de decifrar tais mistérios e acho que perde-se muito tempo com isto… É claro que isto intere$$a muito aos manipuladores da fé dos ingênuos!

O sentido da vida não se perdeu

novembro 6, 2017

“O sentido da vida não se perdeu” – Leonardo Boff

Leonardo Boff

Quem olha o panorama brasileiro sob a ótica da ética (toda ótica produz sua ética) não deixa de ficar desolado e profundamente entristecido. Um presidente não é apenas portador do poder supremo de um país. O cargo possui uma carga ética. Ele deve testemunhar, por sua vida e atos, os valores que quer que seu povo viva.

Aqui temos o contrário:um presidente tido por corrupto, não só por acusação de políticos, nem sequer por delações, sempre discutíveis, mas por investigação séria da Polícia Federal e de outros órgãos como o Ministério Público. Mas a desmesurada vaidade do cargo e a total falta de respeito face ao seu próprio país, se mantem à base de corrupção feita à luz do dia, comprando votos de deputados e oferecendo outros benesses. E os deputados, gaiamente, se deixam corromper, porque muitos são corruptos, aproveitam a ocasião para conquistar funções e outros benefícios.

A república apodreceu…

Ver o post original 622 mais palavras