Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Eco ansiedad: Especialistas de la U. de Chile explican en qué consiste este nuevo trastorno psicológico

setembro 29, 2021

Eco ansiedad: Especialistas de la U. de Chile explican en qué consiste este nuevo trastorno psicológico https://blogdoguida.wordpress.com/2021/09/27/eco-ansiedad-especialistas-de-la-u-de-chile-explican-en-que-consiste-este-nuevo-trastorno-psicologico/ via @fernandoGuida

FERNANDO GUIDA

Sensación de tristeza, profunda preocupación y desolación frente a los cambios que está experimentando el planeta es lo que conlleva este fenómeno, un estado anímico que los especialistas describen como algo nuevo. Esta afección consistiría en una especie de desesperanza que surge entre las generaciones más jóvenes, que ven que en la crisis medioambiental un camino sin salida.

La sequía es una de las consecuencias del cambio climático. El reciente informe de Naciones Unida sostiene que la Tierra se ha calentado rápidamente 1,1 °C por encima de los niveles preindustriales.

La sequía es una de las consecuencias del cambio climático. El reciente informe de Naciones Unida sostiene que la Tierra se ha calentado rápidamente 1,1 °C por encima de los niveles preindustriales.

Puedes experimentar este sufrimiento por el deterioro del planeta porque lo has vivido directamente o porque hay una sobre exposición de un mensaje catastrófico, dice el profesor Rodolfo Sapiains.

“Puedes experimentar este sufrimiento por el deterioro del planeta porque lo has vivido directamente o porque hay una sobre exposición de un mensaje catastrófico”, dice el profesor Rodolfo Sapiains.

Todos estamos presenciando ante nuestros ojos el cambio climático, dice Maisa Rojas, académica U. de Chile y parte del equipo de investigadores/as que trabajaron en el actual reporte IPCC.

“Todos estamos presenciando ante nuestros ojos el cambio climático”, dice Maisa Rojas, académica U. de Chile y parte del equipo de investigadores/as que trabajaron en el actual reporte IPCC.

Hace unos…

Ver o post original 727 mais palavras

O MITO VERDADEIRO E O MITO FALSO (BOLSONARO)

setembro 29, 2021

O MITO VERDADEIRO E O MITO FALSO (BOLSONARO) https://leonardoboff.org/2021/09/26/o-mito-verdadeiro-e-o-mito-falso-bolsonaro/ via @leonardoboff

Leonardo Boff

Leonardo Boff

Quando uma massa imbecilizada começou a ovacionar a Jair Bolsonaro como mito houve um estremecimento em todo o universo cultural dos mitos. Todas as culturas possuem e cultuam seus mitos. Chamar de mito a alguém de mente assassina, um ser movido por ódio, exaltação da tortura, covarde desprezo de afrodescendentes, indígenas, quilombolas e LGBTI e que se propõe “destruir tudo o que está aí”, culminando com a dizimação de milhares de compatriotas vitimados pelo Covid-19 por sua intencionada omissão sem mostrar qualquer sentimento de empatia é atingir no coração o ancestral sentido do mito.

Há uma infinidade de excelentes estudos sobre o resgate do sentido originário do mito. Cito apenas os mais notáveis: a vasta obra em vários tomos de Karl Kerényi, Bronislav Malinovski (seu clássico Myth in Primitive Psychology de 1926), C.G.Jung e sua escola, particularmente Ginette Paris e James Hillman; ainda Micea Eliade, Joseph Campbell, Georges…

Ver o post original 1.049 mais palavras

Gaia – Ajam em Conjunto

setembro 29, 2021

FERNANDO GUIDA

Mónica Sales

Queridos irmãos! SOU GAIA!

É bom ter um pouco de voz, é bom poder colocar todo o meu sentimento, toda a minha energia, em uma pequena mensagem. Temos vivido lado a lado, por milhões e milhões de anos.

Eu, a raça humana, os animais, todo o produto da minha carne, tudo sempre com um único intuito, ser a consciência divina para os habitantes deste planeta.

Não poderia haver animais e seres humanos sem alimento; então de minhas entranhas eu dou o alimento, eu sustento a vida em cada um de vocês. A minha energia sobe por cada corpo mantendo-o vivo e acoplado a mim.

Somos um só. Não estou separada de vocês e nem vocês estão separados de mim. Nós convivemos juntos num mesmo propósito: a vida, a sobrevivência, a evolução. Ficar aqui repetindo, como se eu estivesse sempre reclamando do que foi feito contra mim, não muda…

Ver o post original 1.362 mais palavras

O atual governo levou morte aos indígenas

julho 26, 2021

O atual governo levou morte aos indígenas https://leonardoboff.org/2021/06/25/o-atual-governo-levou-morte-aos-indigenas/ via @leonardoboff

Leonardo Boff

  Leonardo Boff

É notório o desprezo que o atual presidente dedica aos indígenas. Considera-os sub-gente e claramente declarou no dia 1.de dezembro de 2018:”nosso projeto para o índio é fazê-lo igual a nós”. E avançou mais:”não vai ter um centímetro demarcado para reserva indígena ou quilombola”.

O mais perverso foi não aprovar a PEC que devia lhes levar água potável,os insumos básicos contra a Covid-19. É um propósito de morte. Há dias, neste mês de junho, numa manifestação pacífica de várias etnias foram recebidos em Brasília com repressão,balas de borracha e gás lacrimogênio. Há um total abandono deles a ponto de que 163 povos de diferentes etnias foram contaminados, sendo que ocorreram 1.070 mortes.

Diz-nos um conhecedor da história da Amazônia Evaristo Miranda, cujo titulo é uma revelação “Quando o Amazonas corria para o Pacífico, (Vozes 2007):”uma coisa é certa: a mais antiga e permanente presença humana…

Ver o post original 646 mais palavras

El gobierno actual ha llevado muerte a los indígenas

julho 26, 2021

El gobierno actual ha llevado muerte a los indígenas https://leonardoboff.org/2021/06/26/el-gobierno-actual-ha-llevado-muerte-a-los-indigenas/ via @leonardoboff

Leonardo Boff

Leonardo Boff*

Es notorio el desprecio que el actual presidente muestra hacia los indígenas. Los considera sub-gente y el 1 de diciembre de 2018 declaró con toda claridad: “nuestro proyecto para el índio es hacerlo igual a nosotros”. Y avanzó más: “no va a haber un centímetro demarcado para reserva indígena o para quilombolas”.

Lo más perverso fue no aprobar la Propuesta de Enmienda Constitucional (PEC) que debía llevarles agua potable, los insumos básicos contra la Covid-19. Es un propósito de muerte. Hace días, en este mes de junio, en una manifestación pacífica de varias etnias, fueron recibidos en Brasilia con represión, balas de goma y gases lacrimógenos. Hay un total abandono de ellos, hasta el punto de que 163 pueblos de diferentes etnias han sido contaminados y ha habido 1.070 muertes.

Un conocedor de la historia de la Amazonia, Evaristo Miranda, cuyo título es una revelación: Cuando el…

Ver o post original 727 mais palavras

Current government’s Bolsonaro has brought death to indigenous people

julho 26, 2021

Current government’s Bolsonaro has brought death to indigenous people https://leonardoboff.org/2021/06/28/current-governments-bolsonaro-has-brought-death-to-indigenous-people/ via @leonardoboff

Leonardo Boff

                                                      Leonardo Boff

The contempt that the current president shows towards the indigenous people is notorious. He considers them sub-people and on December 1, 2018 he stated quite clearly: “our project for the Indio is to make them equal to us”. And he advanced further: “there is not going to be a centimeter demarcated for indigenous reserve or for quilombolas”.

The most perverse thing was not to approve the Proposal of Constitutional Amendment (PEC) that should bring them drinking water, the basic inputs against the Covid-19. It is a purpose of death. Days ago, in this month of June, in a peaceful demonstration of several ethnic groups, they were received in Brasilia with repression, rubber bullets and tear gas. There is a total abandonment of them, to the point that 163 villages of different ethnicities have been contaminated and there have been 1,070 deaths.

A connoisseur of the history of the…

Ver o post original 743 mais palavras

The voracity of capitalism brought Covid-19

julho 26, 2021

The voracity of capitalism brought Covid-19 https://leonardoboff.org/2021/06/30/the-voracity-of-capitalism-brought-covid-19/ via @leonardoboff

Leonardo Boff

Leonardo Boff

I have been supporting the thesis that Covid-19 is a counterattack of Mother Earth against the system of capital and its political expression, neoliberalism. It brought to its knees, humiliated, the militaristic powers that with their weapons of mass destruction could destroy life on the planet. If the war against the planet continues, it may no longer want us. A more lethal virus, immune to any vaccine, could lead a large part of the human species to its end.

Such an eventuality is not impossible because this system of death of beings of nature and human beings, in the words of Pope Francis, has a suicidal tendency. It would rather risk death than renounce its voracity.

This short story, taken from Len Tolstoy (1828-1910), told to the peasants of his farm Isnaya Poliana with the title How much earth does a man need, may make us reflect.

Ver o post original 996 mais palavras

Via Combativa nº4 | O Bakuninismo e a Questão Nacional e Anticolonial

julho 26, 2021

É com satisfação que lançamos a quarta edição da revista Via Combativa! A temática da questão nacional e anticolonial sempre permeou as reflexões e esforços teórico-políticos de nossa organização socialista revolucionária. Agora, temos a oportunidade de apresentar algumas sistematizações importantes em termos de pesquisa teórica, política e histórica.

O objetivo principal desta edição é apresentar as bases históricas e teóricas do anticolonialismo e do anti-imperialismo no anarquismo e avançar na aplicação do materialismo sociológico e da dialética serial à realidade brasileira e mundial. Importante ressaltar que tais esforços ganharam um corpo teórico-político importante a partir do nosso VII Congresso Nacional em 2019, cujas Resoluções podem ser lidas como complemento a esta 4ª edição.

Porém, ainda há muito a se fazer. Para nós, reconhecer a existência de uma base teórica e política do anarquismo não é um chamado ao comodismo, de que basta repetir ou aplicar o que foi dito por Bakunin ou outros anarquistas. Ao contrário. Reconhecê-la de forma honesta e coerente significa assumir a responsabilidade de seguir desenvolvendo-a, debatendo, avançando, lutando.

Mas retomar as bases bakuninistas é uma necessidade histórica que não podemos nos furtar para “estar na moda” ou sermos aceitos na academia e no senso comum. Não partiremos do zero nem tomaremos como base outras teorias que não explicam a realidade e muito menos servem à revolução integral.

Vemos que a negação ou menosprezo da teoria anarquista sobre a questão nacional e anticolonial tem sido um caminho tragicamente escolhido na história. Essa negação é quase sempre uma consequência da ignorância ou do oportunismo, além de todas as repressões ao anarquismo pelos poderes-saberes dominantes. Por isso negamos o ecletismo e o revisionismo no anarquismo e seguimos apresentando em nossa caminhada os acúmulos de um trabalho que, entre outros objetivos, busca provar suas mentiras e deturpações.

Leia mais deste post:

Unipa

Editorial

É com satisfação que lançamos a quarta edição da revista Via Combativa! A temática da questão nacional e anticolonial sempre permeou as reflexões e esforços teórico-políticos de nossa organização socialista revolucionária. Agora, temos a oportunidade de apresentar algumas sistematizações importantes em termos de pesquisa teórica, política e histórica.

O objetivo principal desta edição é apresentar as bases históricas e teóricas do anticolonialismo e do anti-imperialismo no anarquismo e avançar na aplicação do materialismo sociológico e da dialética serial à realidade brasileira e mundial. Importante ressaltar que tais esforços ganharam um corpo teórico-político importante a partir do nosso VII Congresso Nacional em 2019, cujas Resoluções podem ser lidas como complemento a esta 4ª edição.

Porém, ainda há muito a se fazer. Para nós, reconhecer a existência de uma base teórica e política do anarquismo não é um chamado ao comodismo, de que basta repetir ou…

Ver o post original 541 mais palavras

Sufrir con quien sufre: la actualidad de la compasión

julho 26, 2021

Sufrir con quien sufre: la actualidad de la compasión https://leonardoboff.org/2021/07/10/sufrir-con-quien-sufre-la-actualidad-de-la-compasion/ via @leonardoboff

Leonardo Boff

Leonardo Boff*

Un manto de sufrimiento y de dolor cubre toda la humanidad, amenazada por la Covid-19. La cultura del capital, dentro de la cual vivimos, se caracteriza por el individualismo y por una clamorosa falta de cooperación. El Papa, en la isla italiana de Lampedusa, al ver a cientos de africanos que llegaban en barco desde África y eran mal acogidos por la población local, dijo casi entre lágrimas: “nuestra cultura moderna nos ha arrebatado la compasión por nuestros semejantes; nos hemos vuelto incapaces de llorar”.Parece que la inflación de racionalidad instrumental y analítica nos ha producido una especie de lobotomía: nos hemos hecho insensibles al sufrimiento del otro.

El presidente actual es la comprobación más trágica de esta indiferencia. Jamás visitó un hospital a tope de personas contaminadas de Covid -19, muchas muriendo asfixiadas. Sin ningún sentimiento leyó en un discurso público una fría frase que le prepararon, pero…

Ver o post original 706 mais palavras

Water: source of life or source of profit? Against the privatization of water

julho 26, 2021

Leonardo Boff

Leonardo Boff

Today there are two major issues that affect all of humanity: global warming and the growing scarcity of drinking water. Both require profound changes in the way we live, because they can produce a collapse of our civilization and deeply affect the system of life.

Let’s focus on the issue of water, which is coveted by big corporations in order to privatize it and make huge profits. It can be a reason for wars as well as a reason for social solidarity and cooperation among peoples. It has already been said that if the wars of the 20th century were over oil, the wars of the 21st century will be over drinking water. Nevertheless, it can be a central reference for a new world social pact between peoples and governments for the survival of all.

Let us consider the basic facts about water. It is extremely abundant and…

Ver o post original 1.267 mais palavras