Terreiros pedem que STF não proíba sacrifício de animais

SOU ABSOLUTAMENTE CONTRA A MATANÇA DE ANIMAIS INOCENTES, EM QUALQUER SITUAÇÃO E EM NOME DO QUE QUER QUE SEJA, PRINCIPALMENTE DE CRENÇAS IMPROVÁVEIS (COMO TODAS O SÃO, NA REALIDADE!). É SIMPLESMENTE ERRADO, ANTIÉTICO E INJUSTIFICÁVEL; PONTO FINAL E PARÁGRAFO. FIM DO DEBATE. (Paulo Sisinno)

Na última quarta-feira (24), representantes da Comissão dos Terreiros Tombados da Bahia se reuniram com a ministra Cármen Lúcia pedindo que não haja proibição da morte de animais em rituais religiosos. Eles entregaram um parecer a respeito da tradição da prática. As informações são do STF.

A mobilização ocorre porque em breve o Supremo deve julgar o Recurso Extraordinário (RE) 494601, apresentado pelo MP do Rio Grande do Sul contra uma decisão do Tribunal de Justiça estadual que validou a lei 12.131/2004, que permite o abate de animais em religião de matriz africana.

Os terreiros alegam que criticar a morte desses animais seria “racismo”. De acordo com o argumento, a população não reclamaria do abate judaico ou de outras religiões.

O Holocausto Animal

Supremo deve julgar a proibição do sacrifício de animais.

Ver o post original 128 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: