Voltando ao assunto do “NÃO-Rock” in Rio

Se é para ser classificado de Festival de Rock, tem que ter ROCK, e nada mais!! Este é o meu ponto! Se querem programar um monte de coisas que NÃO SÃO ROCK, não chamem de Festival de Rock, pombas! Basta chamar de POP in Rio, ou algo que o valha. Minha querida amiga Dedeia me perguntou o que eu escalaria. Vou aceitar a provocação. Não vou citar artistas/bandas que já acabaram ou morreram, apesar dela ter me dito que eu poderia fazer isso. Quero dizer que este festival perdeu a chance de ter escalado em edições passadas artistas MARAVILHOSOS, que já não estão mais entre nós, porque morreram ou acabaram, como Dire Straits, Pretenders, Rainbow, Deep Purple, Ramones, Stone Temple Pilots, White Stripes, David Bowie, Lou Reed, Gary Moore, Raul Seixas, Celso Blues Boy, Jeff Healey, Johnny Winter, Stevie Ray Vaughan, Emerson, Lake & Palmer (R I. P. Keith Emerson e Greg Lake), Supertramp, Status Quo (R. I. P. Rick Parfitt), Toto (R.I.P. Jeff Porcaro), Legião Urbana (Renato Russo), Camisa de Vênus, Viper, Angra, VULCANO, Chico Science e Nação Zumbi, (R. I. P. Chico), Rage Against The Machine, Ronnie James Dio e o Motorhead (R.I.P. Lemmy e Phil Taylor), entre muitos outros que devo estar esquecendo agora. Também não vou relacionar grandes artistas que já vieram ao RiR e que foram alguns dos acertos de escalações passadas, como AC/DC, Iron Maidenָ Scorpions, Whitesnake, Ozzy Osbourne, Queen, Rod Stewart, James Taylor, Joe Cocker, Yes, Barão Vermelho, Paralamas do Sucesso, Titãs, Faith No More, Guns N’ Roses, Rita Lee, Sepultura, Serguei, Vid e Sangue Azul, Carlos Santana, Capital Inicial, Nenhum de Nós, Engenheiros do Hawaii, Billy Idol, Megadeth, Queensryche, Judas Priest, Red Hot Chili Peppers, Ira!, Ultrage a Rigor, R. E. M., Foo Fighters, Oasis e Neil Young, que eu também teria chamado para um festival de Rock. Vou dizer, então, alguns dos artistas que eu já teria convocado, ao invés de “coisas” como Britney Spears, New Kids on the Block, Dee-lite, N’Sync e Sandy e Júnior (!!!!), que – acreditem ou não – já estiveram no festival chamado de ROCK (!) in Rio, além de outros artistas que, apesar de eu respeitar muito, não têm nada a ver com Rock, como Moraes Moreira, Milton Nascimento e Elba Ramalho. Bom, querid@s, vamos ao Rock! Quem ainda não tocou neste festival (mesmo já tendo tocado no Brasil) e que eu escalaria são, entre outros (citarei só alguns): Aerosmith, Alter Bridge, Autoramas, Biquini Cavadão, Black Sabbath (antes de acabar!), Alice in Chains, Crosby, Stills, Nash & Young, Def Leppard, Detonautas, Dream Theater, Elton John, Eric Clapton, Black Country Communion, Black Label Society, IQ, Jeff Beck, Jethro Tull, Kansas, Kenny Wayne Shepperd Band, KISS, Marillion, Metallica, Motley Crue, Muse, Michael Schenker Group, Os Mutantes, Nazareth, O Terço, O Rappa, Paul McCartney, Paul Simon, Pearl Jam, Peter Frampton, Peter Gabriel, Pink Floyd, Pitty, Plebe Rude, The Police, Poison, Radiohead, Raimundos, Renaissance, Robert Plant, RUSH, Rolling Stones, SLASH, Skank, The Cult, The Cure, THE WHO, Thin Lizzy, Triumph, U-2, Van Halen, Weezer, Wishbone Ash, ZZ Top, só para citar alguns Monstros Sagrados que me vêm à memória de imediato. Afinal, relembrando aquele título em português do filme The song remains the same, do Led Zeppelin: ROCK É ROCK MESMO!!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: