PARA SALVAR A DEMOCRACIA É PRECISO RECONSTRUIR A AGENDA

PARA SALVAR A DEMOCRACIA É PRECISO RECONSTRUIR A AGENDA – por Sandro Ari Andrade de Miranda, advogado, mestre em ciências sociais.

Sustentabilidade e Democracia

dali-the-disintegration-of-persistence-of-memory-1954Foto: pintura “A Desintegração da Persistência da Memória”, de Salvador Dali (1954).

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda, advogado, mestre em ciências sociais.

O mito do controle do tempo como elemento de libertação deixou de existir há muito tempo. Um dos grandes marcos de poder dos capitalistas com a revolução industrial foi a administração das jornadas, dos dias, dos minutos, dos segundos, como elemento essencial à acumulação e instrumento de poder e dominação. Não é por acaso que as primeiras manifestações operárias tiveram como alvo a destruição das máquinas e, na Comuna de Paris, o apedrejamento de relógios. Com o capitalismo, o tempo tornou-se inimigo, portanto era preciso derrotá-lo.

Em razão do alargamento dos direitos civis, esse controle do tempo saiu do mundo da produção e foi levado à política, na forma de agenda. A consolidação da democracia parlamentar propôs um arranjo de organização social para legitimar poderes instituídos…

Ver o post original 382 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: