David Bowie não morreu nem morrerá jamais

Um de meus maiores ídolos, Raulzito Rock Seixas, falava sempre sobre ser uma “metamorfose ambulante”. Mas, neste aspecto em especial, acho que o IMORTAL David Bowie foi quem melhor nos ensinou e mostrou o caminho. Como eu escrevi aqui outro dia ao lamentar a morte de outro artista incomparável (Lemmy), ser sempre apenas uma coisa só é muito chato, pobre e limitado. Uma das frases clássicas de Raulzito que eu sempre repito – e pratico – é: “Eu prefiro ser esta metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”. Mas na hora de colocar em prática esta ótima noção de revolução (de si próprio) é DAVID BOWIE a minha maior referência; ontem, hoje e SEMPRE! Um de meus (nossos, né; afinal, quem não gosta de Bowie???) maiores ídolos de todos os tempos, David Bowie não morreu nem morrerá jamais; há muito tempo ele já tinha se eternizado no mundo da música, das Artes e da cultura. Ziggy continuará tocando sua guitarra no espaço, no mundo das estrelas que nunca se apagam!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: