Archive for setembro \30\UTC 2013

Ser vegetariano

setembro 30, 2013

Não acho que os humanos sejam superiores aos outros animais; inclusive vivo denunciando a maldade que é característica dos humanos. Nenhum outro animal na Natureza é cruel, só os humanos. Os predadores, por exemplo, não são maus, apenas são naturalmente agressivos. Por outro lado, nós humanos temos algo especial que nos distingue dos outros animais. Algumas pessoas chamam isso de “alma”, outras de “espírito superior”, eu prefiro chamar de “consciência”. Sendo assim, acho – aliás, mais do que achar, eu tenho certeza, até por minha própria experiência, que nós humanos podemos muito bem nos alimentar sem precisarmos matar e comer outros animais, os quais também têm capacidade de entendimento e sentimento parecidas com a dos humanos, algo já comprovado pela ciência. Eu também sei que até mesmo as plantas sentem dor e outras sensações, algo também já provado (vide o livro “A vida secreta das plantas”). Mas aí, realmente, não há outro jeito, temos que nos alimentar de algo. Mas o fato de não contribuir no terrível massacre e tortura de milhões de seres sencientes (sensíveis e conscientes) como bovinos, suínos, aves e outros me dá um prazer enorme, muito maior que o reles e primitivo prazer de comer carne. Ter a consciência tranquila de não ser mais um cúmplice das inenarráveis   torturas, dores e matanças que ocorrem diariamente nos matadouros do mundo é um prazer que só os vegetarianos conhecem. Neste aspecto, sim, nós humanos (só alguns, né, rs…) somos seres evoluídos e capazes de transcender o primitivismo e a selvageria.

Anúncios

Palco Mundo x Palco Sunset

setembro 22, 2013

Pô, eu queria ver o encontro do Sepultura c/ o Zé Ramalho, mas o Multishow passou a exibir o show do Palco Mundo. O Kiara Rocks começou bem, mandando “Ace Of Spades” do Motorhead pra ganhar a galera de cara, e ganhou. Bicho, é foda abrir pra Slayer e Iron Maiden; tem que ter muita coragem pra encarar esta responsa. Palmas pra este representante do Rock nacional que encarou o desafio; os caras estão se saindo bem. Valeu!

Palco Sunset, de longe o melhor lugar do RiR pra ouvir sons novos e interessantes!

setembro 22, 2013

No palco principal, daquilo que vi até agora [não vi tudo, porém], os melhores shows foram do chefão Bruce Springsteen, do genial MUSE e do sensacional METALLICA! Os caras deram prova incontestável pra qualquer um que continuam sendo DEUSES DO HEAVY METAL! Mesmo que não sempre tenham lançado álbuns relevantes em anos recentes, ao vivo eles demonstram que não estão perdendo força alguma; ao contrário, os caras estão melhores no palco com o passar do tempo. Agora, na minha opinião, os shows que realmente empolgam são os do palco Sunset, mais experimental, democrático e muito mais interessante! Neste palco vi os shows que mais me empolgaram: Almah + Hibria e Destruction + Krisiun!

HOJE TÁ VALENDO VER O ROCK IN RIO!

setembro 22, 2013

Ducaráleo ver Destruction e Krisiun arrasando tudo (no bom sentindo), mandando uma versão de “Black Metal” do VENOM ao vivo agora no RiR. Sensacional!!!! Jamais pensei que eu viveria o bastante pra ver o DESTRUCTION tocando no Rock In Rio e eu assistindo isso na tevê (pelo Canal Multishow)! Bicho, agora eu realmente tenho que dar o meu braço a torcer e tirar o meu chapéu pro pessoal responsável pela escalação do palco Sunset; agora sim, esta porra deste festival ficou realmente ECLÉTICO, no bom sentido da palavra!!! HOJE TÁ VALENDO VER O ROCK IN RIO! E ainda vai rolar Helloween e Slayer mais tarde…ah, eu tô maluco!!! É um sonho virando realidade!!!!!

Atos de depredação

setembro 16, 2013

Meus amigos sabem: sou Anarquista da linha pacifista. Acho, porém, que todo indivíduo tem o direito – e, algumas vezes, o dever – de reagir na mesma intensidade caso sofra um ato de violência injustificada. Mas como um ato de auto-defesa. Pessoalmente, acho muito contraproducente e negativa para a nossa luta popular por mais direitos sociais os atos violentos de depredação. Estes acabam servindo para atrair mais repressão por parte dos poderes constituídos, mais medo e raiva por parte dos conservadores, e uma vil  instrumentalização política por parte dos fascistas.