Archive for dezembro \30\UTC 2011

Final de ano é época de retrospectivas, então vamos ao melhor e pior de 2011, na minha humilde opinião. 2011 foi um ano fantástico e vai deixar muitas saudades pra mim, mas teve – como todo ano tem – os seus altos e baixos. Por um lado foi o primeiro ano de governo de nossa primeira Presidente mulher – que navegou muito bem no turbulento mar da política, apesar da torcida em contrário dos agourentos. A faxina no governo é uma mostra de que Dilma Roussef tem pulso e personalidade própria. Gostei do primeiro ano de seu governo; estou feliz por ter votado nela e continuo torcendo a seu favor! Aqui no RJ, as UPPs parecem ser mesmo o início de uma bela história, pela qual também estou torcendo pra dar certo! No lado ruim, as horríveis tragédias das chuvas na região serrana do RJ, o tsunami no Japão e o terremoto na Nova Zelândia servem pra nos lembrar que a natureza é muito mais poderosa do que o ser humano e precisa ser respeitada e preservada. Como sempre, temos que zelar pelo futuro do meio-ambiente e das próximas gerações, contrastando os interesses dos poderosos e imediatistas exploradores da natureza. Os conflitos de interesses na votação do código florestal aqui no Brasil, por exemplo, mostram que esta luta ainda vai durar muito tempo! Pelo mundo afora também houve coisas boas e ruins: a Primavera Árabe, sacudindo os tiranos nos países árabes, foi uma beleza de linda!!! Tomara que a dinastia Assad seja logo extirpada da Síria, para que termine logo de matar seu próprio povo! Bashar Al-Assad deve juntar-se ao grupo que em 2011 foi para a lata de lixo da História: Hosni Mubarak, Kadafi, Kin-Jon-il e outros tiranos. Outro que não fará nenhuma falta é o patético Berlusconi, que já foi tarde!! Por falar em reprimir o povo, outra vergonha foi o ataque da polícia estadunidense contra a multidão pacífica do maravilhoso movimento Occupy. Os EUA gostam de posar como paladinos da liberdade, mas basta surgir um movimento de rebeldia popular autêntica e espontânea para que as forças da repressão surjam de seus porões. E não vamos nos esquecer do cerco ao Wikileaks, um dos mais importantes veículos de divulgação livre surgido nos últimos tempos, que já se tornou alvo dos poderosos. Longa vida ao Wikileaks e aos bravos guerreiros do grupo Anonymous! A nossa luta por informação livre e desvinculada dos interesses das mega-corporações capitalistas continua! Juntos venceremos!!! No terreno da cultura e das ideias, também tivemos grandes perdas: Christopher Hitchens, Moacyr Scliar, Sergio Britto, Joaosinho Trinta, André Urani entre outros, muita gente boa nos deixou. No lado bom – como sempre, aliás: o festival de cinema do Rio (vi filmes maravilhosos: “Um método perigoso”, de Cronemberg, e “Itália, ame-a ou deixe-a” – um documentário italiano estupendo! – são só 2 exemplos a citar). O festival Anima Mundi e a Bienal do Livro também, claro! Não pude ir na FLIP, mas adorei ver a entrevista do valter hugo mãe na TV! Um escritor brilhante que faz por merecer os elogios que recebeu do magistral José Saramago! Eu queria muito, mas não pude ir aos shows de Paul McCartney, Ringo Starr, Eric Clapton, U-2, Iron Maiden, Ozzy Osbourne, Judas Priest e Pearl Jam. Também não fui ao SWU nem ao Rock in Rio, mas curti demais ver pela TV os shows do S. O. A. D e do Slipknot!!! Metallica, Motorhead e RHCP eu já sabia que seriam ótimos, como sempre são!!!Nem é preciso falar do Mestre Stevie Wonder, uma das lendas vivas da Música Pop!!! Vi três das melhores exposições de arte dos últimos anos: M. C. Escher e Laurie Anderson no CCBB e Louise Bourgeois no MAM; estas foram umas das melhores coisas que já vi na vida!! Digna de nota também a belíssima exposição de esculturas de Roberto Oliveira Costa no Centro Cultural Correios [atenção; vai só até 08 de janeiro!] No teatro, a volta da fenomenal Betty Faria, absolutamente encantadora em “Shirlei Valentine”! A fantástica peça sobre o honorável Carlos Zéfiro e também a peça sobre a eterna mestra Nise da Silveira. “Contos de sedução” sobre a obra e a pessoa do escritor Guy de Maupassant, foi ótima, bem como a montagem de “Na selva da cidade”, de Bertold Brecht e de “O Bravo Soldado Schenk”, de Hasek, último trabalho montado pelo saudoso Bernardo Jablonski! Na TV, os seriados “Os Bórgias” e “Os pilares da Terra” foram magníficos. “Força-Tarefa” na Globo é uma das poucas atrações que me faz ver tevê aberta. Outro programa sensacional, além do CQC – é claro – é uma espécie de cria deste último: “Agora é tarde” com Danilo Gentili é o único programa de entrevistas na TV que eu adoro ver, além do “Observatório da Imprensa” do Mestre Alberto Dines e do Roda-Viva na TV Brasil. No cinema, teve coisas ótimas! Na área do cinema-pipoca e/ou hollywoodyano (“O Planeta dos Macacos”, “O Vencedor”, “Minhas Mães e Meu Pai”; “Cisne Negro”; “O discurso do Rei”, “Meia-noite em Paris” do sempre genial Woody Allen; “Amor à toda prova” e ainda no finzinho do ano o grande filme de George Clooney: “Tudo Pelo Poder”; além das excelentes animações “Rango” e “Rio”) Na área mais cult-alternativa e de documentários: “Elvis & Madonna”; “Evoé”, sobre o genial Zé Celso Martinez Corrêa; “Tancredo”, mais uma obra-prima do Silvio Tendler; “Nowhere Boy”, sobre meu ídolo John Lennon; “Lixo Extraordinário” sobre o grande Vik Muniz, “Quebrando o tabu” e “Admirável Mundo Novo Baiano – os Filhos de João” foram outros excelentes documentários brasileiros! “Um conto chinês”, belíssimo filme argentino e os italianos “Happy family” e “Quando la notte”, de Cristina Comencini fecharam bem o ano. Ainda não vi “As Canções”, do mestre Eduardo Coutinho, mas vou tentar ver ainda este fim de semana, ou seja, antes que o ano acabe! Se o mundo vai se acabar em 2012 eu não sei dizer, mas se ele continuar, em dezembro do ano que vem eu escrevo outra retrospectiva destas, valeu?

dezembro 30, 2011
Anúncios

Alguém já disse uma vez: difícil não é morrer; difícil é continuar vivendo e perdendo os amigos e pessoas queridas que a Senhora do Tempo (a Morte) vai levando embora. E, neste final de ano, a Ceifadora implacável tá trabalhando dobrado, hem! Quanta gente boa que está se despedindo de nós, deixando o mundo cada vez mais pobre de boas ideias, bons sentimentos, cidadania e criatividade positiva: lá fora, o grande intelectual Christopher Hitchens e o grande político Vaclav Havel e a magnífica cantora Cesaria Evora; por aqui os grandes artistas Sergio Britto e Joãosinho Trinta, o esportista-filósofo Dr. Sócrates e, há poucos dias, também aqui no RJ, nosso querido André Urani, uma pessoa positiva, um exemplo de civismo e participação social e uma figura muito querida de seus amigos, bem como de toda a comunidade ítalo-brasileira do Rio de Janeiro. Todos farão muita falta pra nós que ficamos por aqui, cada vez mais pobres e sós neste deserto de ideias e de indivíduos com consciência SOCIAL e humanitária.

dezembro 21, 2011

O mundo ficou muito mais pobre intelectualmente com o falecimento ontem do grande Christopher Hitchens, um verdadeiro intelectual, daqueles raros pensadores que não se furtam a questionar o senso comum da massa ignorante, que segue conduzida pelos manipuladores da fé ingênua e da crendice supersticiosa. Meus agradecimentos, minha homenagem e meu Viva a este grande intelectual que ajudava a iluminar as mentes de poucos e raros. Quanto ao rebanhão, vai continuar cegamente seguindo seus inescrupulosos e mentirosos líderes, políticos e/ou RELIGIOSOS!

dezembro 18, 2011

Tou sumido da Internet, mas inda tou vivo, hem! Eu gosto tanto do orkut quanto do FB e do twitter mas, estou sumido de todas estas redes sociais, pois como já informei antes, eu ando totalmente sem tempo pra Internet atualmente. Meu final de ano tá uma correria louca (todo ano é assim, mas este ano tá pior!), trabalho, faculdade e ainda por cima eu mudei de residência logo neste período + agitado de trabalho/escola/facul.; tudo ao mesmo tempo!!! Por isto tou sem tempo de participar, seja no orkut, no FB ou no twitter. O máximo q faço, quando dá tempo – como agora – é entrar online rapidinho só pra ler as mensagens, mas raramente tou escrevendo/respondendo. Mas quis escrever este post aki pra voces saberem q eu tou vivo ainda, rs… :) Quando eu tiver algum tempo sobrando (receio q. talvez só em janeiro…talvez!!) eu volto a me comunicar + online. Abraços a tod@s!!!

dezembro 8, 2011